Joan Garriga Bacardí nos leva a profundas reflexões sobre como viver na alma e alcançar perfeita sintonia com a Grande Alma.

 

Aceitar o que está posto, o que se é e aceitar todos os que são. Viver na aceitação é para os valentes, para os que encaram os acontecimentos do viver com o coração aberto e audaz, porém cheio de humildade e benevolência.

 

É preciso coragem, como diz o autor, para submeter-se à vontade do imprevisível, das formas caprichosas da vida, que determina sortes, infortúnios, caminhos e descaminhos. Não ter medo da dor, emoção natural negada em nossa cultura que não aceita o estar triste, classificando-o como o mal.

 

Nos deprimimos exatamente quando detemos o fluxo espontâneo dos sentimentos, sejam quais forem, negando-os quando deveríamos integrá-los. Só quem é capaz de aceitar a dor é também capaz do amor, já que dor e amor são duas faces da mesma moeda.

 

É preciso viver na integração e não na luta contra a realidade, nos defendendo da vida. A nossa força vem da concordância, digestão e integração das coisas tal como são.

 

Conquistamos a paz por meio do consentimento e do movimento emocional de amar a todos, independentemente do que nos doeu, ou incluindo precisamente o que nos doeu.

Viver Na Alma - Joan Garriga

R$45Preço